Os 10 maiores clássicos do futebol sul-americano
Partilhar
0 Partilhas
Clique para ver mais...

Créditos da Imagem Autor:

O futebol é o desporto de eleição na América do Sul e é por isso que ele é visto como uma espécie de religião para os entusiastas da modalidade. O continente sul-americano também é conhecido por ser uma grande escola de futebol, uma vez que exporta jogadores para clubes de todo o mundo. Alguns especialistas dizem que o jogo de futebol foi criado em Inglaterra, mas muitos deles acreditam que quem o aperfeiçoou foram os sul-americanos. Conheça os 10 maiores clássicos do futebol sul-americano e saiba porque é que o futebol latino é tão intenso e vibrante.

1. O superclássico argentino

O superclássico argentino, conhecido como “El Superclásico”, opõe o Club Atlético Boca Juniors, fundado em 1905, ao Club Atlético River Plate, fundado em 1901, ambos da cidade de Buenos Aires. A rivalidade entre os dois clubes teve origem devido à sua proximidade, dado que os dois clubes foram fundados num bairro humilde e operário - o La Boca -, localizado a sul da capital argentina. Em 1920, o River Plate teve de mudar de local e fixou-se no bairro de Belgrano, a norte da capital, numa zona da alta sociedade, o que fez aumentar ainda mais a competição entre os dois clubes. O clássico, a dada altura, assumiu contornos de pobres contra ricos que ainda hoje perdura, apesar de ambos os clubes terem adeptos de todas as classes sociais.

2. O clássico de Avellaneda

O clássico de Avellaneda coloca frente a frente as duas maiores equipas argentinas da cidade de Avellaneda: o Club Atlético Independiente e o Racing Club de Avellaneda. A rivalidade entre os dois clubes começou no início do século XX, quando o Racing, originalmente fundado em Buenos Aires, mudou-se para a cidade de Avellaneda. Esta mudança criou uma divisão na cidade e tornou cada encontro muito especial. O primeiro jogo entre as duas equipas aconteceu a 9 de junho de 1907 e terminou com uma vitória do Independiente por três bolas a duas, sendo que o golo da vitória foi marcado por um fundador da equipa - Rosendo Degiorgi -,mesmo no final do encontro.

3. O clássico uruguaio

O clássico uruguaio opõe o Club Nacional de Football ao Club Atlético Peñarol, duas equipas da capital Montevidéu. A data de fundação do Peñarol não é conhecida com precisão, o que aumenta ainda mais a rivalidade entre os dois clubes, pois não existe certezas em relação ao clube mais antigo. Os apoiantes do Peñarol dizem que já existiam antes do seu rival, com o nome de CURCC (Central Uruguayan Railway Cricket Club). Já os adeptos do Nacional consideram que o Peñarol e o CURCC eram clubes distintos e por essa razão consideram-se o clube mais velho. A rivalidade entre os dois clubes atingiu o seu apogeu no ano de 2000, quando ocorreram vários confrontos entre jogadores, originando a prisão de nove deles.

4. O clássico de São Paulo

O clássico de São Paulo, conhecido como o “derby paulista” é o confronto entre as duas maiores equipas brasileiras da cidade de São Paulo, isto é, o Sport Club Corinthians e a Sociedade Esportiva Palmeiras. A rivalidade entre os dois clubes começou na fundação do Palmeiras, quando a comunidade italiana que pertencia ao Corinthians criou um novo clube, originalmente conhecido como Palestra Itália. Por esse motivo, foram considerados traidores, transportando a rivalidade até aos dias de hoje.

5. O clássico do Rio

O clássico do Rio é o jogo que opõe as duas maiores equipas brasileiras de futebol da cidade do Rio de Janeiro: o Clube de Regatas do Flamengo e o Fluminense Football Club. Este confronto é conhecido como “Fla-Flu” ou como “O clássico das multidões”, pois, em 1963, na final do campeonato carioca, foi assistido por mais de 194 mil espetadores. É, sem dúvida, um dos jogos grandes do Brasil e um dos mais procurados nas casas de apostas desportivas, pois tem milhares de adeptos e simpatizantes.

O Flamengo foi originalmente fundado como um clube de desportos aquáticos, enquanto que o Fluminense era exclusivamente um clube de futebol. A rivalidade entre os dois começou em 1911, antes da final do campeonato do Rio de Janeiro, quando vários jogadores do Fluminense entraram em desacordo com a direção do clube relativamente aos prémios de vitória. Esta discórdia levou nove jogadores titulares da equipa do Fluminense a abandonarem o clube e a criarem um departamento de futebol no Flamengo. O primeiro embate entre as duas equipas de futebol aconteceu em 1912, quando o Fluminense, mesmo sem nove titulares, que haviam saído para o Flamengo, venceu a partida por três bolas a duas.

6. O clássico de Porto Alegre

O clássico de Porto Alegre, conhecido como “Gre-Nal”, coloca frente a frente as duas maiores equipas brasileiras da cidade de Porto Alegre: o Grémio Foot-Ball Porto Alegrense e o Sport Club Internacional. A rivalidade entre os dois clubes nasce com a criação do Internacional, em 1915, seis anos após a fundação do Grémio, devido a questões políticas. Por exemplo, só depois dos anos 50 é que o Grémio aceitou o primeiro jogador de raça negra, ao passo que no Internacional, o primeiro jogador de raça negra entrou para a equipa nos anos 20.

7. O clássico de Belo Horizonte

Este é o jogo que opõe duas grandes equipas brasileiras da cidade de Belo Horizonte, nomeadamente o Club Atlético Mineiro e o Cruzeiro Esporte Clube. Este clássico é conhecido como “Galo contra Raposa”, sendo que o galo é a mascote do Atlético e a raposa a mascote do Cruzeiro. O primeiro jogo entre os dois clubes aconteceu no ano de 1921 e o Cruzeiro venceu por três bolas a zero. Porém, o Atlético Mineiro é a equipa que detém mais vitórias sobre o seu rival.

8. O superclássico chileno

O superclássico chileno coloca frente a frente o Club Universidad de Chile e o Club Social y Deportivo Colo-Colo, ambas da capital Santiago. A rivalidade entre os dois clubes aumentou durante a ditadura de Augusto Pinochet, especialmente quando este foi nomeado presidente honorário do Colo-Colo, o que originou a hegemonia do clube e uma grande conquista de campeonatos. A Universidad de Chile tinha o apoio dos políticos da esquerda, o que levava a conflitos com o clube do ditador. Atualmente, os adeptos do Universidad ainda consideram o Estádio Monumental do Colo-colo, como o “Estádio do Pinochet”.

9. O clássico universitário

O clássico universitário é o confronto entre duas universidades da cidade de Santiago, no Chile. O jogo é conhecido como “El clasico universitário” e opõe o Club Deportivo Universidad Católica e o Club Universidad de Chile. A Universidad Católica tem um grupo de adeptos de elite, enquanto que a Universidad de Chile possui uma massa adepta da classe média, o que conduz a inúmeros confrontos e quezílias entre eles.

10. O clássico colombiano

O clássico colombiano, também conhecido como “El clasico capitalino”, é o confronto que opõe as duas maiores equipas colombianas da cidade de Bogotá: o Independiente Santa Fe e o Club Deportivo Millonarios. A rivalidade entre os dois clubes tem origem nas classes sociais, pois o Santa Fe tem a sua massa adepta no sul, local onde se encontra a classe média, ao passo que o Millonarios tem o apoio das classes altas que se situam no norte da capital. Cada jogo entre os dois clubes serve para provar qual é a melhor equipa da cidade e a vitória sobre o rival é motivo de orgulho para qualquer adepto.

Cromossoma Y