Causas da ejaculação precoce
Partilhar
38 Partilhas

Pensamentos de muitos homens: “Como resolver os meus problemas de ejaculação precoce?” ou “Será que sofro de ejaculação precoce?” Saiba que a ejaculação precoce é das disfunções sexuais masculinas mais comuns. Este problema pode ser atribuído a problemas emocionais, stress, problemas de saúde, má qualidade de vida, ou más experiências.

Num casal, este assunto é por vezes considerado tabu e mantido em silêncio, levando a um afastamento emocional e físico cada vez maior. Este problema não torna nenhum homem, menos homem, e quanto mais tempo o adiar pior se tornará. Se mais homens admitissem este problema, e estivessem dispostos a falar sobre ele, seria mais fácil saberem que não estão sós nesse barco.

O que é a ejaculação precoce?

Muitas vezes um homem não sabe o que deve considerar uma ejaculação precoce. Muitos homens, ocasionalmente, ejaculam mais rápido durante o acto sexual do que a parceira deseja. Desde que isso não aconteça com frequência, provavelmente não é motivo para preocupações. Contudo se esta situação acontecer frequentemente – ejacular mais rápido do que a sua parceira deseja – enquanto inicia a penetração, ou pouco tempo logo depois de a penetrar, é provável que sofra de ejaculação precoce. Estima-se que um em cada três homens sofra de algum nível de ejaculação precoce. Embora este problema tenha tratamento, muitos homens sentem-se embaraçados em falar sobe ele, não procurando tratamento.

A queixa é usualmente relatada em termos de tempo porque é a única maneira de medir. O assunto, contudo, é realmente sobre o controlo do processo da ejaculação: ejacular só quando se sente que se deseja fazer, ou seja voluntariamente. A maior parte dos homens leva menos de 3 minutos desde o tempo de penetração até à altura da ejaculação.

De acordo com a definição técnica, a ejaculação precoce ocorre antes de o homem desejar, ou seja, demasiado rápido, nos preliminares ou no início do coito, não satisfazendo a parceira. Isto usualmente leva à perda de uma erecção possível capaz de manter uma relação sexual. Este problema também é um pouco relativo, pois um homem pode sentir-se super orgulhoso por ter conseguido ter uma relação sexual de 10 minutos, enquanto este tempo pode ser frustrante para um outro homem.

De uma perspectiva evolutiva da espécie, é importante notar que na altura da pré-história, os homens que ejaculavam mais rápido seriam os que tinham mais probabilidade de conceber filhos. Por outras palavras, se fosse um homem das cavernas, e se viesse rápido, tinha muito mais hipóteses de engravidar a mulher e alargar a tribo. Do ponto de vista reprodutivo, a ejaculação precoce não é nenhum defeito. Durar mais tempo numa relação sexual não serve nenhuma função genética; não é algo de inato ao ser humano, é simplesmente algo que se treina.

Causas

Ainda se estão a tentar determinar exactamente quais as causas da ejaculação precoce; no entanto sabe-se que existem factores físicos e factores psicológicos responsáveis pela ejaculação precoce. Alguns médicos acreditam que as primeiras experiências sexuais podem estabelecer um padrão difícil de mudar mais tarde como:

Causas psicológicas

  • Situações em que o homem tenha de atingir rapidamente o orgasmo evitando ser descoberto;
  • Sentimentos de culpa que aumentam quando se tem uma relação sexual.

Outros factores que causam a ejaculação precoce

  • Disfunção eréctil, homens que sofrem de ansiedade para obter ou manter a sua erecção durante o coito, poderão formar um padrão de pressa para ejacular que pode ser difícil de mudar;
  • Ansiedade, muitos homens com ejaculação precoce também tem problemas de ansiedade, quer sobre assuntos do foro sexual, quer na vida em geral.

Causas biológicas

  • Níveis de hormonas anormais
  • Níveis anormais de químicos neurotransmissores
  • Problemas da tiróide
  • Inflamação ou infecção da próstata ou uretra
  • Genética

(Ler 2ª parte do artigo: Técnicas para evitar a ejaculação precoce.)

Cromossoma Y