Como beijar com língua à mistura
Partilhar
60 Partilhas
Beijo

Créditos da Imagem Autor:

Primeiro vem o beijo de lábios e depois... o famoso “french kiss”, ou um beijo francês ou mesmo um linguado na nas bocas mais comuns. Olhar para os beijos arrebatadores, que se aproximam de si nos ecrãs de televisão, ou nos ecrãs de cinema, fá-lo salivar a pensar como é que se faz aquilo? . Ser um Casanova do beijo não é difícil, é só uma questão de entrar no espírito do momento. Se ainda não experimentou ou está em vias de experimentar um belo linguado – e não falo de peixe – nada como ter a noção do que se deve e do que não se deve fazer durante um beijo.

Se há algo que as mulheres apreciam num homem - por vezes até mais do que o seu sentido de humor -, é um homem que sabe beijar bem! Tocar pela primeira vez, com a sua língua na língua de outra mulher, e sentir o calor de um hálito quente e húmido, pode muito bem ser uma das experiencias sexuais que jamais esquecerá; por isso convém que seja realmente algo memorável, e não um momento de embaraço... Saiba que os lábios de uma mulher são um dos seus maiores pontos erógenos, se não o maior.

Hidrate os lábios

Antes de começar, prepare-se, humedeça os seus lábios; os lábios secos não têm muita sensualidade pois não escorregam muito bem. Passar suavemente a língua húmida pelos seus lábios será suficiente para os humedecer. Idealmente, deverá ter sempre os lábios protegidos com batom do cieiro, pois ter sempre os lábios em boas condições é essencial; imagine-se a beijar um tapete áspero, é como os seus lábios ficam caso não os hidrate com regularidade.

Coloque a cabeça em ângulo

Para iniciar, coloque a cabeça em ângulo de cerca de 45º ( pois de outra forma irá chocar nariz com nariz) e a sua parceira fará o mesmo para o lado inverso. Seja firme e não mude de posição para se adaptar, mal virar a cabeça para um lado não mude de repente, mesmo que a sua parceira esteja indecisa você deve mostrar confiança, ela adaptar-se-á, e sentirá logo confiança em si; de outra forma irão colocar-se numa situação embaraçosa chocando os narizes, e isso não é nada sexy.

Feche os olhos

Por muito que lhe apeteça visualizar toda a experiência, estar de olhos abertos pode estragar o ambiente. Olhe para os olhos da sua parceira quando se estiver a aproximar, mas mal toque com os seus lábios nos dela feche os olhos, e abra-os quando os lábios se separarem.

Comece com um beijo de lábios

Comece com um suave beijo em que só os lábios se tocam, nada mais excitante do que começar com calma provocando a sua parceira, deixando-a na expectativa. O beijo francês, ou linguado, é um beijo com a boca aberta em que as duas línguas se tocam com suavidade, e não um jantar na boca da sua parceira. Este beijo é um beijo sensual e não uma forma de desentupir canos! Em vez disso abra os lábios suavemente e não em exagero.

Interprete os sinais

Se os lábios da sua parceira não se abrirem, não force a situação. Pois ela pode simplesmente não querer dar um french kiss; de outra forma poderá avançar. Então abra os seus lábios um pouco e faça uma espécie de sanduíche com os lábios dela: Um dos lábios dela está entre os seus, e um dos seus dentro dos dela. Enquanto estão nesta fase de colocar os lábios na boca um do outro, passe a sua língua suavemente pelo lábio dela (que está dentro da sua boca); se a língua da sua parceira não corresponder com o mesmo gesto, o ideal é não forçar a situação, fica para a próxima vez...

Se a sua parceira corresponder, as duas línguas irão tocar-se, e aí sim, abra a sua boca um pouco mais e coloque a sua língua um pouco mais dentro da boca da sua parceira. Tenha em atenção para não colocar a sua língua na boca da sua parceira como se pretendesse chegar-lhe ao estômago; isso não é de forma alguma apreciado por nenhuma mulher. A língua é um músculo muito sensível, pelo que convém não provocar muita pressão; convém ser sensível, ir tocando e explorando a língua da sua parceira com suavidade e calma. Tocar língua com língua suavemente é o ideal, se ela desejar mais, certamente que o irá demonstrar.

Seja criativo

Um bom beijo linguado é um beijo para ser apreciado, e ser dado lentamente, com paixão escaldante, mas com contenção, para tornar tudo mais excitante.

Não fique só pelo linguado, por muito bom que seja, pode tornar-se banal: Misture beijos de lábios, com linguados, com gestos carinhosos, com beijos na face, no pescoço, orelhas; nada mais excitante para uma mulher. Num beijo francês, quando lhe apanhar o jeito, tente sempre coordenar os movimentos da língua com a língua da sua parceira; e mesmo que esteja muito excitado, esteja sempre atento à suavidade e à sensualidade do beijo. Assim dê beijos mais demorados, outros mais curtos, outros mais suaves e outros até mais rudes, mas sempre dentro de uma atmosfera sensual e variada.

Adapte-se

Todos os homens e mulheres beijam de uma forma diferente, e não há uma forma certa igual para todos. O ideal é adaptar-se à sua parceira; pode ser que isso surja naturalmente no seu primeiro beijo, ou aconteça com a prática. O que diferencia um homem que beija bem de um homem que beija mal, é a sua capacidade de ler na parceira os sinais que ela emite, e o facto de estar atento a eles, tentando ser compatível com o beijo dela. Se a sua parceira não gostar muito de “estar aos beijos”, por vezes pode significar que você não se esforça o suficiente para dar bons beijos, de qualquer forma o ideal é perguntar-lhe e treinarem até que os dois se sintam satisfeitos com os beijos que dão. A verdade é que quanto mais praticar, melhor se tornará, e mais à-vontade se sentirá para novas aventuras. Afinal o beijo poderá ser um inicio de algo...

Respire

Quando beijar não sustenha a respiração, respire pelo nariz naturalmente. Se tiver de parar o beijo para respirar, o momento ficará um pouco estranho, por isso tente não suster a respiração; pois se consegue estar a falar sem parar para respirar, também consegue beijar alguém respirando pelo nariz com naturalidade.

Cuidado com os dentes e com o aparelho

Chocar com os seus dentes nos da sua parceira é um acidente comum. Se estiver calmo e descontraído, conseguirá evitar esta situação que poderá ser bastante embaraçante e mesmo dolorosa. Mas se isto acontecer não peça desculpas nem dê importância ao facto. Continue a beijá-la como se nada tivesse acontecido. Evite também tocar com a língua nos dentes da sua parceira – normalmente não é uma situação muito agradável -, com a prática é natural que esta situação deixe de acontecer. Se ambos usam aparelhos é importante que os dois tenham cuidado para não tocarem com os aparelhos um no outro, nem passarem a língua pelo aparelho, pois existe sempre o risco de corte.

Tenha a língua descontraída

A língua deve estar mole, e nunca dura; a língua é o nosso músculo mais forte do corpo, e quando a enrijecemos torna-se como uma rocha. O objectivo de um linguado não é fazer um braço de ferro dentro das bocas, mas sim uma envolvência de línguas num ambiente húmido e descontraído. Imagine-se a lamber um gelado suavemente, fazendo-o derreter com o calor da sua língua... está a ver a sensação? É esta sensação que deverá transmitir durante um beijo. Se não está a ver como é, pratique!

Tenha um bom hálito

O mau hálito poderá arruinar qualquer beijo, por muito bom que o beijo seja. Ter um hálito fresco é fundamental para um bom beijo. Tenha uma boa higiene dentária: Passe o fio dental diariamente – isto é fundamental -, escove os dentes e não se esqueça de escovar a língua. Por fim passe um elixir diariamente no final de escovar e de passar o fio dental. Outro factor essencial antes de beijar alguém, e para não sentir nenhuma repulsa da parte da mulher, é não ingerir alimentos de forte odor principalmente alho, cebola, atum e leite. Não se esqueça que beijar um cinzeiro também não é de nada agradável, por isso não fume. Tenha sempre consigo pastilhas de mentol, não vá necessitar delas.

Seja sexy

Quando beijar não torne o acto científico e frio; use as mãos! Enquanto a beija toque na face da sua parceira, coloque a mão no pescoço dela, abrace-a, toque-lhe nos braços, seja sensual e faça-a vibrar sempre que a beijar.

Comunique

Não tem de gostar de todos os beijos, e quando assim for nada como fechar a boca gentilmente, beijá-la nos lábios e sorrir, a sua parceira irá perceber a dica. Se realmente gosta dos beijos da sua parceira, diga-lhe isso! Partilhar a intimidade através de palavras é a forma mais sensual que existe. Se existe algo que não gosta, também lhe deve dizer - mas deve sempre rematar com algo que ela faça bem como : “Querida não gosto muito quando me tocas com a língua nos dentes, no entanto acho os teus beijos muito excitantes...”

Cromossoma Y