Como curar a ressaca
Partilhar
0 Partilhas
Clique para ver mais...

Créditos da Imagem Autor:

A julgar pela dor de cabeça monumental e pela montanha-russa em que se transformou o estômago e os intestinos, a noite de passagem de ano foi inesquecível… mas a única coisa que quer lembrar neste momento é como chegar ao WC e do almoço de família que lhe espera daqui a umas horas. Como curar a ressaca até lá? Nós ajudamos!

Muitos líquidos. O álcool desidrata o organismo e no que toca ao consumo exagerado de cervejas e caipirinhas o corpo reage e vai buscar hidratação ao cérebro. Resultado? Ocorre uma pressão nas membranas que ligam o crânio e o cérebro, fazendo com que este último encolha e acorde com uma dor de cabeça horrível. Por isso mesmo, há que repor os líquidos: beba muita água, sumo de fruta com frutose, chá (os chás de camomila, tília ou ginseng são ainda ideais para acalmar um estômago indisposto), bebidas isotónicas (ajudam a restabelecer os minerais e nutrientes que o excesso de álcool anulou e podem saber melhor que a água ou o chá); Coca-Cola ou Pepsi (a combinação cafeína, gás e açúcar presentes nestes refrigerantes podem ajudar a “desenjoar”).

Café ressuscitador. Sono, dor de cabeça, náuseas, desorientação e um almoço com os pais da namorada daqui a duas horas? O café pode parecer a solução perfeita para acabar com a ressaca, mas não é. Pode tomar (se o estômago aguentar), mas não mais do que um. Caso contrário, bombardear o corpo com caneca atrás de caneca de café vai manter o organismo desidratado, ou seja, o oposto daquilo que se pretende quando se trata de curar uma ressaca.

Comer ou não? Só de pensar em abrir a porta do frigorífico já lhe faz a cabeça e o estômago andar à roda? Mas tem de ser. Uma das melhores formas de restituir os minerais e nutrientes que o organismo perdeu depois de uma noite monumental de copos, é comer alguma coisa. O melhor menu ressaca é composto por alimentos secos como torradas (sem manteiga), bolachas de água e sal, cereais (sem leite), fruta, massa ou ovos. Claro que existem teorias bem mais arrojadas: há quem diga que comer uma sanduíche de bacon frito, pickles (os russos e os polacos até bebem o líquido de conserva dos pickles para combater a ressaca!) ou peixe enlatado faz maravilhas a um corpo ressacado. Só saberá se funcionar, se experimentar… boa sorte!

Descanso absoluto. O melhor remédio natural para curar uma ressaca é o descanso absoluto, por isso, depois de comer e beber, volte para a cama, de preferência num quarto completamente escuro e durma. Enquanto não adormece, pode colocar uma toalha molhada em água fria sobre a testa – é um alívio rápido e eficiente para essa dor de cabeça incessante. Quando acordar vai sentir-se muito melhor.

Sair da cama. Se tiver compromissos e tiver mesmo de sair da cama, há que aliar-se de outros truques para acordar o zombie que parece ter-se apoderado do seu corpo: apanhe um pouco de ar fresco, sente-se na varanda, no jardim ou, se conseguir, dê uma volta ao quarteirão. Valerá a pena o esforço. Depois de ter apanhado um pouco de ar fresco, ou em substituição do mesmo se não consegui arrastar-se até à varanda, nada como um banho revitalizador: alterne entre jactos de água quente e fria para estimular a circulação sanguínea e voltar a sentir alguma energia… caso contrário, como é que vai sair de casa?

Evite medicamentos. Acordar com a cabeça, o estômago… vá lá, com o corpo inteiro despedaçado por alguns uísques a mais, leva à tentação de correr para a farmácia mais próxima – de preferência a de casa – e tomar aspirina ou ibuprofeno. Evite tomar medicamentos na fase de ressaca porque o mais certo é ainda existir álcool no organismo e já sabe que não se deve misturar medicamentos com vodka ou qualquer outra bebida alcoólica. O tempo é o melhor remédio para curar a ressaca, mas há também quem recomende um Alka Seltzer para desintoxicar o corpo e começa a sentir-se melhor rapidamente.

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba todas as novidades por email!

Cromossoma Y