Como reagir com os filhos numa situação de divórcio
Partilhar
0 Partilhas
Pai com filho

Lidar com os filhos numa situação de divórcio significa pensar como uma criança enquanto se tem uma atitude de adulto.

  1. Pense nos benefícios, e não nos problemas que o divórcio pode significar: os pais são mais felizes e os filhos não têm de estar sujeitos ao stress de uma relação disfuncional.
  2. Tente ver a sua ex-mulher com uma atitude positiva, tente colocar-se no seu lugar, veja-a sempre como mãe dos seus filhos e não como ex-mulher. Lembre-se que terá de lidar com a sua ex-mulher durante o resto da vida, por isso faça com que essa relação seja a melhor possível. Tente criar um futuro saudável e sem problemas para ela e para os seus filhos.
  3. Converse sempre com a sua ex-mulher, e tente sempre manter o tipo de educação e objectivos que definiram para os seus filhos. Negocie e acorde a maneira que poderá lidar melhor com assuntos como as visitas, férias ou eventos; aja de maneira matura sempre a pensar no melhor para os seus filhos.
  4. Comunique a decisão do divórcio aos seus filhos em conjunto com a sua ex-mulher; é importante que eles percebam que a união entre os pais continua apesar de viverem vidas separadas. Encoraje-os a expressarem os sentimentos em relação ao divórcio e a toda a situação Desta maneira os seus filhos não sentirão uma sensação de abandono.
  5. Nunca fique zangado ou mostre stress mediante a atitude dos seus filhos em relação à notícia do divórcio. É natural que se sintam zangados; neste caso não aja com agressividade, compreenda e dê tempo aos seus filhos para que estes absorvam a situação.
  6. Tente sempre manter as mesmas regras de disciplina que estavam definidas na sua educação, a não ser que essas mesmas regras tenham dado origem ao divórcio.
  7. Nunca os tente compensar com prendas ou cedendo a caprichos que nunca cederia se não estivesse numa situação de divórcio. Nunca lhes negue atenção e carinho, isso pode dar-lhes com todo o excesso; relativamente a bens materiais já não deve agir da mesma maneira. Nunca se esqueça de dizer aos seus filhos o quanto gosta deles.
  8. Nunca fale mal da sua ex-mulher em frente aos seus filhos, isso nunca resolverá qualquer tipo de problema, só trará aos seus filhos um momento de stress. Nunca descarregue os problemas que tem com a sua ex-mulher em cima dos seus filhos, não se esqueça que ela é mãe deles!
  9. Nunca descuide a disciplina ainda que só esteja com os seus filhos durante o fim-de-semana. Está a ser pai, e o papel de pai é essencial no crescimento saudável de uma criança.
  10. Se ama os seus filhos nunca os obrigue a escolher entre o pai e a mãe, tente sempre fazer-lhes saber que os dois os desejam, aja sempre como um Homem nestas situações, e seja forte pelos seus filhos.
  11. Relativamente à restante família como avós ou tios, mantenha e incentive o contacto dos seus filhos com esta parte da família. Mesmo que os pais estejam divorciados não significa que não possam conviver em família. Acorde com a sua ex-mulher o papel que estes familiares irão ter na vida dos seus filhos, bem como o tipo de contacto que os seus filhos irão manter com estes elementos da família. É essencial que não seja negado o acesso à restante família.
  12. Mantenha sempre a sua ex-mulher informada sobre as mudanças importantes que ocorrem na sua vida antes de falar com os seus filhos, mesmo que seja algo difícil e até emocionalmente desgastante. Evite que os seus filhos ajam como pombos-correios, lidando eles com as reacções da sua ex-mulher.
  13. Mantenha-se sempre presente em eventos como aniversários, programas de escola, ou actividades extra-curriculares. Esta atitude é muito importante para que os seus filhos continuem a sentir que o pai é um elemento presente nas suas vidas, mesmo nas situações divertidas!

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba todas as novidades por email!

Cromossoma Y