Ejaculação, como fazê-la com respeito à mulher?
Partilhar
0 Partilhas
Clique para ver mais...

Créditos da Imagem Autor:

As mulheres são sortudas, têm um orgasmo e já está. Usualmente não há nada que saia em grande esplendor de dentro delas, a não ser um bom gemido de prazer. Um homem sabe: orgasmo=ejaculação=esperma e no final há que saber o que fazer ao esperma para que a mulher com quem se esteja não fique a pensar que não existe respeito por ela – sim elas pensam estas coisas. Claro que tudo pode variar de acordo com o que a sua parceira gosta ou não gosta, mas no geral estas devem ser as linhas condutoras dos seus fluidos.

No preservativo

Neste caso é importante que logo que ejacule, remova de imediato o preservativo, antes que perca a ereção, pois é imprescindível para que não saia nenhum esperma para dentro dela, e bem… para não andar a espalhar o esperma por todo o lado. Logo depois de tirar o preservativo, dê-lhe um nó e deite-o ao lixo, nunca na sanita! A responsabilidade do preservativo é sua, não o deixe no chão da casa dela - muito má onda!

Na cara        

Ejacular na cara de uma mulher, bem pode ser sexy, mas será que ela acha o mesmo? Para saber terá de lhe perguntar primeiro. Na realidade a maioria das mulheres acha a ideia um pouco repulsiva, e antes que a sua parceira fique chateada consigo, saiba se o pode fazer. Se tiver a sorte dela achar piada à ideia, tenha atenção para não o fazer no cabelo; as mulheres não acham muita piada a colocar seja lá o que for no cabelo, a não ser os produtos específicos para o efeito.

Dentro dela

Se está numa relação mais duradoura onde exista confiança e saiba que não existe o risco de nenhuma doença transmissível, o preservativo já lá foi, e vir-se dentro dela é a realidade. Antes de decidir fazer isto, primeiro deve conversar a cerca do tipo de contraceção a tomar, como a pílula, e de seguida a sua parceira terá de lhe dar a desejada autorização para o fazer. Parece estranho, mas a realidade é esta, antes que ela fique constrangida, o melhor é perguntar sempre. Neste caso há 2 hipóteses: vem-se dentro dela e depois a responsabilidade de limpeza é dela, ou vem-se fora dela e a responsabilidade da limpeza é sua. Nunca, mas nunca lhe diga, que não vai ejacular dentro dela, e depois não o cumpra.

Na boca

No sexo oral, especialmente, é importante existirem regras, para que ambos saibam com o que contam. Antes de mais deve saber se pode vir-se na boca dela ou não e se ela irá engolir ou não. Depois de saber as respostas a estas questões deve combinar com ela que no momento em que se estiver para vir a avisará, isto para que ela esteja preparada e não fique engasgada ou possa usar a mão, caso o deseje. Nunca lhe segure a cabeça caso ela não queira engolir, isto nunca, até porque ela pode chatear-se e você terminar a noite no hospital.

No peito

Ejacular no peito, barriga, costas ou rabo podem ser também uma das hipóteses comuns, mas tal como nos outros casos, esta opção sensual ou não, tem de ser discutida primeiro com a mulher. Isto pode ser sensual para a mulher e para si, e se assim for, porreiro e toca… a curtir. Se não for, e ela não achar a menor piada, bem tem de arranjar outras hipóteses, e nada de discretamente ou de socapa, fazer isto sem ela dizer que sim, pode acabar com um gritinho de nojo que vai ser muito pouco sexy.

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba todas as novidades por email!

Cromossoma Y