Gestos pequenos para um impacto enorme
Partilhar
0 Partilhas
Homem e criança

Todos nós sonhamos, num momento ou noutro das nossas vidas, em deixar a nossa marca, fazer algo significativo, mudar o mundo de alguma forma. Perante um planeta onde habitam mais de 6 biliões de pessoas, tudo aquilo que possamos fazer ou dizer parece uma simples gota que será certamente engolida por um oceano gigante. Não subestime o poder do gesto mais minúsculo… os resultados podem revelar-se colossais.

A simplicidade do pequeno. Em todas as áreas da sua vida terá certamente uma lista de afazeres, projectos e sonhos que nunca mais acaba, mas que deseja concretizar. Existem muitos pequenos hábitos que podem mudar a nossa vida para melhor e contribuir para a realização de todos aqueles objectivos que fervilham nas nossas mentes… mas há que começar por algum lado e a melhor maneira de o fazer é começar pequeno.

Concentre-se numa coisa de cada vez. O mundo está cheio de boas intenções… e ainda bem! Só assim é que chegamos a algum lado, é que conseguimos levar avante aquilo que durante muito tempo guardamos na privacidade dos pensamentos e da alma. No entanto, não queira fazer tudo de uma só assentada – não é assim que funciona – há que começar com passos de bebé, um atrás do outro. Concentre-se numa coisa de cada vez. Porquê? Porque quanto mais atenção e esforço aplicar nesse projecto (mesmo que seja através de gestos diários minúsculos) maior será a probabilidade de notar alguma diferença, de ver os resultados que pretende. Se dispersar a concentração em demasiadas áreas, o mais certo é sentir que não sai do sítio.

Para um mundo melhor. Acha que só os chefes de estado e as pessoas consideradas as mais influentes do mundo são as que têm a possibilidade de realmente deixar a sua marca no planeta e na vida dos outros? Engana-se! Ao dedicar-se a gestos tão pequenos mas significativos como sorrir mais, ajudar o seu vizinho ou colega de trabalho, fazer voluntariado ou trazer um pouco de felicidade a alguém que esteja a precisar, pode não mudar o planeta, mas terá um impacto crucial no mundo pessoal de alguém. Sem esquecer o seu. Nunca subestime o poder do pequeno.

Envolva família e amigos. Aprenda a dar mais valor às coisas pequenas da vida, ao observar aqueles à sua volta que tentam fazer o mesmo e depois passe esse conhecimento e vontade à família e aos amigos. A pegada ecológica preocupa-lhe? Faça questão de começar, de uma vez por todas, a reciclar e incentive o seu círculo de contactos a fazer o mesmo. Sabe do caso de alguém que necessita de um determinado tipo de sangue para combater uma doença? Em vez de fazer o delete desse e-mail, empenhe-se em reunir o máximo de pessoas possível e sejam dadores conscientes. A união faz a força e em conjunto cada gesto pequeno e individual vai tornar-se num fim que dá nas vistas, com um impacto significativo para todos. Surpreenda e deixe-se surpreender com a arte que é pensar e fazer pequeno.

Seja persistente. Ao interiorizar a ideia de que uma acção pequena, quando repetida, vai acumular e transformar-se em algo maior, com um impacto grandioso, será difícil não ser persistente. Não desista dos seus ideais e vontades, da paixão por aquilo em que acredita e que quer mostrar ao mundo. Já o velho ditado diz “devagar se vai longe”…

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba todas as novidades por email!