Principais tratamentos capilares para homem
Partilhar
0 Partilhas
Clique para ver mais...

Créditos da Imagem Autor:

Cerca de 25% dos homens começam a perder cabelo antes dos 30 e aproximadamente dois terços antes de atingirem os 60 anos de idade. Na maioria dos casos, porém, a queda de cabelo é gradual, o que permite “atacar” o problema antes que seja tarde de mais. Saiba quais os principais tratamentos capilares para homem.  

Produtos cosméticos

Quer seja para travar a queda de cabelo ou tratar a calvície, o mercado cosmético tem tudo o que procura, no formato que melhor lhe convier: champô, gel, mousse ou creme. Os resultados prometidos são mais do que muitos, pelo que a única forma de atestar a sua eficácia é ir experimentando. Uma consulta de dermatologia capilar ou a referência a produtos por amigos que já experimentaram, são outras formas de resolver a indecisão inicial face a uma oferta tão vasta.

Produtos farmacêuticos

Na forma de comprimidos, ampolas, cremes ou gels que se aplicam diretamente no couro cabeludo, o mercado tem várias opções disponíveis em termos da dermatologia capilar, não só no que toca ao seu tratamento, mas também em termos de prevenção. Os avanços feitos em termos de tratamentos capilares nos últimos anos são muitos, tendo produzido particularmente dois nomes importantes:

  1. A “Propecia” é um medicamento oral que atua ao nível da di-hidrotestosterona (DHT), ou seja, da hormona responsável pelo enfraquecimento contínuo e consequente queda dos folículos capilares. Este tratamento capilar à base de “finasteride” não só elimina a perda de cabelo, como renova o seu crescimento.
  2. O “Rogaine” – disponível em creme tópico – tem como substância ativa o “minoxidil” e, embora não atue diretamente sobre a di-hidrotestosterona, ou seja, na raiz do problema da perda de cabelo, ativa os folículos capilares dormentes, estimulando um novo crescimento de cabelo.

Tal como outros medicamentos, também estes têm efeitos secundários associados, pelo qual é aconselhável informar-se acerca dos mesmos antes de iniciar qualquer um destes tratamentos capilares.

Produtos naturais

Os produtos naturais ao serviço da dermatologia capilar também se têm revelado cada vez mais populares e, entre os tratamentos mais procurados, estão produtos à base de alecrim, babosa, badarna, alfazema, oliveira, moringa, arnica, jaborandi, marapuama, quina, mutamba, júa, bem como o óleo de rícino e o óleo de semente de abóbora. Mais recentemente surgiu o “Revivogen”, um creme de aplicação tópica, cujos ingredientes são 100% naturais e que atuam eficazmente para reduzir a produção da di-hidrotestosterona, hormona responsável pelo enfraquecimento e queda de cabelo. Estudos já apontaram que o “Revivogen” é mais eficaz que a “Propecia” e uma vez que se trata de um produto natural, com aplicação tópica, não contém qualquer efeito secundário.

Cirurgia capilar

Embora seja o tratamento capilar masculino mais caro do mercado, ao longo dos últimos anos a verdade é que a cirurgia capilar tem-se desenvolvido muito, oferecendo atualmente várias opções. Os diferentes métodos que compõem a atual cirurgia capilar apresentam resultados imediatos e são uma forma quase permanente de repor cabelo perdido, salvo os casos em que o procedimento pode ter de ser repetido.

  • Implantes de cabelo: este tipo de cirurgia capilar, um dos mais populares, implica a transplantação de folículas capilares de zonas da cabeça com muito cabelo para as zonas onde se regista a perda de cabelo.
  • Redução do couro cabeludo: neste caso, a cirurgia capilar implica a remoção de pele exposta, resultante da calvície, que é depois unida com as zonas do couro cabeludo que têm cabelo. Para ser bem-sucedida, esta cirurgia capilar só pode ser efetuada em zonas calvas com um diâmetro de 2.5 cm ou menos.
  • Enxerto do couro cabeludo: esta cirurgia capilar implica a remoção de pequenas zonas do couro cabeludo com cabelo, que são depois aplicadas nas zonas calvas. Este procedimento resulta melhor quando aplicada a pequenas zonas calvas e pode requerer mais que um enxerto para deixar o couro cabeludo com um aspeto natural.
  • Expansão do couro cabeludo: neste tipo de cirurgia capilar, pequenas bolsas de silicone são inseridas sob o couro cabeludo, sendo cuidadosamente insufladas ao longo de um período de seis semanas, o que resulta na expansão do couro cabeludo. No final do procedimento, as bolsas são removidas.

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba todas as novidades por email!

Cromossoma Y