Top 10 melhores golos em fases finais do Euro
Partilhar
0 Partilhas
Golo na baliza

Créditos da Imagem Autor:

O Campeonato Europeu de Futebol, também conhecido como Euro, é a principal competição de seleções nacionais europeias que se realiza desde 1960. Trata-se de uma prova histórica no panorama futebolístico internacional, onde já competiram os melhores futebolistas do mundo e onde se marcaram os golos mais espetaculares que alguma vez foram vistos na modalidade. Conheça o top dos 10 melhores golos em fases finais do Euro e relembre alguns momentos de pura magia.

Maniche – Euro 2004

 

O médio português Maniche fez um golo magistral contra a Holanda nas meias-finais do Euro 2004. Tratou-se de um remate potente e de belo efeito aproveitando assim a marcação de um canto do lado esquerdo do ataque português. A bola entrou no ângulo superior direito da baliza holandesa e fez com que a seleção portuguesa chegasse, pela primeira vez na sua história, a uma final europeia.

Marco Van Basten – Euro 1988

 

Marco Van Basten marcou um dos melhores golos de sempre em fases finais do Euro, ao apontar um golo de belo efeito na final da competição entre a Holanda e a União Soviética. O avançado holandês fez um remate de primeira incrível, quase sem ângulo, que só parou no fundo das redes da baliza soviética. A Holanda venceu por duas bolas a zero e conquistou, pela primeira na sua história, o troféu de Campeão Europeu.

Paul Gascoigne – Euro 1996

 

O inglês Paul Gascoigne protagonizou um dos melhores momentos do Euro 1996, ao apontar um golo soberbo frente à Escócia. O avançado desmarcou-se em velocidade, com o pé esquerdo e num toque em habilidade, passou a bola por cima do seu adversário e rematou com violência com o pé direito em direção ao fundo da baliza dos escoceses. Um momento fantástico que ficou guardado na memória de todos os apreciadores de bom futebol.

Karel Poborsky – Euro 1996

 

O “chapéu” espetacular que Poborsky fez ao guarda-redes Vítor Baía foi o suficiente para a República Checa eliminar Portugal e chegar aos quartos-de-final do Euro 1996. Tratou-se de um golo monumental que ficou gravado para sempre na história de todos os Campeonatos da Europa.

Ronnie Whelan – Euro 1988

 

Este foi um dos golos mais espetaculares do Euro 1988 e foi apontado por Ronnie Whelan da República da Irlanda frente à União Soviética. O jogo terminou com um empate a uma bola e mostrou que os irlandeses tinham uma boa seleção nacional e jogavam um futebol muito atrativo.

Zlatan Ibrahimovic – Euro 2004

 

Este golo foi marcado por Zlatan Ibrahimovic contra a seleção da Itália na fase de grupos do Euro 2004, num jogo que terminou empatado a uma bola. O avançado sueco aproveitou uma ligeira confusão na área italiana para fazer um golo de calcanhar de pura classe.

John Jensen – Euro 1992

 

John Jensen ficou na história de todos os Europeus de Futebol ao apontar o segundo golo da Dinamarca frente à Alemanha na final do Euro 1992. Tratou-se de um remate muito forte que só parou no fundo das redes da baliza dos alemães. O resultado não viria a sofrer alterações até ao final e a Dinamarca, pela primeira vez na sua história, conseguiu sagrar-se campeã europeia de seleções.

Luís Figo – Euro 2000

 

O golo que Luís Figo apontou à Inglaterra no Euro 2000 foi simplesmente genial, uma vez que se tratou de um remate de longa distância (a mais de 30 metros da baliza) capaz de levantar todo o estádio. O jogo terminou com a vitória de Portugal por três bolas a duas, depois de ter estado a perder por dois a zero. Tratou-se de uma das reviravoltas mais entusiasmantes de todos os Campeonatos da Europa.

Tomas Brolin – Euro 1992

 

Tomas Brolin marcou o segundo golo da Suécia frente à Inglaterra no Euro 1992, numa reviravolta surpreendente que ditou o adeus prematuro dos ingleses na primeira fase da competição. Tratou-se de um remate fenomenal à entrada da área que não deu hipóteses de defesa ao guarda-redes inglês David Seaman.

Jon Dahl Tomasson – Euro 2004

 

Este golo foi apontado por Jon Dahl Tomasson contra a seleção da Suécia, num jogo relativo à fase de grupos (Grupo C) do Euro 2004. O resultado que se verificou no final foi um empate a duas bolas e as duas equipas confirmaram o apuramento para os quartos-de-final da competição.

Esta é a nossa seleção dos melhores golos em fases finais do Euro. Concorda com estas escolhas? Pensa que no próximo Campeonato da Europa existirão golos com esta qualidade técnica ou melhores ainda? Dê-nos a sua opinião e use os seus prognósticos desportivos para o Euro 2012.

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba todas as novidades por email!

Cromossoma Y