Como falar de sexo com os seus filhos
Partilhar
0 Partilhas
Filhos

Falar sobre sexo com os seus filhos é bem mais fácil do que pode imaginar. É importante que o faça com algum senso, confiança e amor. Muitos pais têm abordagens distintas, mas certifique-se que os seus filhos recebem o respeito devido nesta questão, e eles próprios o possam transmitir aos filhos deles.

Falar de sexo não é uma vacina que se tem de tomar. Deve falar de sexo ao longo da vida do seu filho; vá falando naturalmente, e aos poucos, introduzindo assim o assunto com naturalidade sem qualquer choque. Ter conversas ao longo do tempo, é bem mais educativo e eficiente do que uma só conversa.

Diga ao seu filho os nomes das suas partes sexuais como “Este é o teu pénis”, ou “Esta parte é a tua vulva”. Evite usar nomes irreais como “pipi” ou “pilinha”, evitando assim a ideia que o nome real é mau. Comece com este tipo de conversas o mais cedo possível, antes mesmo de o seu filho entrar na pré-adolescência. Fale com ele quando ele se começar a interessar pelo corpo.

É quando as crianças se tornam adolescentes que tomam mais consciência da sua sexualidade. Esta altura é muito importante para que os seus filhos tenham uma vida futura com uma sexualidade saudável, bem como uma parte muito importante da construção da identidade dos seus filhos. Nunca envergonhe o seu filho ou filha por uma tendência natural, pois tudo faz parte de um desenvolvimento saudável.

Fale com o seu filho sobre as paixões. Ouça quando ele fala sobre os outros miúdos, quando fala acerca dos outros miúdos se abraçarem, beijarem, e quando ouvir esta conversa aproveite a oportunidade para saber se existe alguém de quem ele gosta especialmente, e se já beijou alguém. E não fique louco com a resposta!

Oiça os seus filhos. Eles interessam-se por rapazes ou raparigas? Os amigos dele ou dela namoram com alguém? É importante que os seus filhos saibam que lhe podem contar a sua vida sem que você se “passe da cabeça”. Pode ter as suas opiniões, mas o mais importante é ouvir e ir controlando tudo sem que o seu filho se a perceba disso. Pergunte-lhe se tem alguma questão sobre rapazes ou raparigas. Fale-lhe dos mecanismos da relação sexual. Por vezes os seus filhos já ouviram esta informação noutros locais, ou através de outros amigos, ou irmãos mais velhos, mas é extremamente importante que a mencione, pois garantirá que no futuro o seu filho venha ter consigo para pedir ajuda, em vez de ir ter com outras pessoas.

Mantenha sempre este tipo de temática ao longo dos anos. Durante a altura do liceu fale com eles sobre pensamentos e pergunte sobre a sua vida sexual. Os sentimentos sexuais são normais e muitas vezes são mesmo muito fortes. Faça saber aos seus filhos que gosta de partilhar os pensamentos deles sobre a sexualidade sem nunca os julgar! Se eles namorarem, pergunte-lhes se acha que a outra pessoa está preparada para também ter sexo. Partilhe com os seus filhos alguns sentimentos, que também tinha na idade do deles.

Mantenha o seu tipo de conversa apropriado a cada idade, o seu filho não necessita de saber logo tudo aos 5 anos! Se ele lhe perguntar como se fazem os bebés, explique-lhe da maneira adequada à sua idade, mas responda sempre à questão.

Faça sempre esta ressalva nas conversas com os seus filhos: nunca ninguém lhes deve tocar sem permissão. Dê confiança os seu filhos para dizer não a algumas coisas, como a beijar ou abraçar familiares, eles nunca devem sentir que não podem dizer não.

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba todas as novidades por email!